8 curiosidades sobre o etanol

O Brasil e os Estados Unidos, juntos, produzem cerca de 90% de todo o etanol consumido no mundo. Embora a produção desse combustível seja abundante por aqui, muitos consumidores desconhecem alguns fatos sobre sua utilização e importância. Por isso, nós reunimos aqui oito curiosidades a respeito desse biocombustível. 

1. O Brasil é o maior consumidor de etanol como combustível

O etanol é utilizado como combustível em mais de 40 países. No entanto, na maior parte dos casos, ele costuma ser misturado a outros combustíveis. Quando o assunto é a substituição da gasolina pelo etanol, o Brasil é o grande líder mundial. Além disso, o país é referência na produção e utilização do etanol hidratado.

Na América do Sul, depois do Brasil, o Paraguai é o país que mais utiliza o etanol, adicionando cerca de 24% do combustível à gasolina. O Chile e a Argentina vêm na sequência. Os dois países acrescentam, mais ou menos, 5% de etanol.

2. O etanol brasileiro possui 4% de água

O Brasil, como contamos, é o país que utiliza a maior quantidade de etanol no combustível. No entanto, a proporção é equivalente a, mais ou menos, 96% e não a 100% como muitas pessoas acreditam ser. O etanol hidratado comercializado nos postos de combustíveis possui cerca de 5% de água, a qual é oriunda do próprio processo de fermentação.

3. O etanol também é utilizado na aviação

O etanol pode ser utilizado para abastecer ônibus, caminhões, motocicletas e, claro, automóveis. Mas, você sabia que ele também pode ser o combustível de aeronaves? Pois é! A Embraer lançou, em 2005, o Ipanema EMB, o primeiro avião movido a etanol. Usado para pulverizar lavouras, ele se tornou uma opção vantajosa por conta da economia com combustível, mesmo deixando a deseja no quesito eficiência energética.

Embora existam algumas aeronaves movidas a etanol, esse não é o biocombustível mais popular ou recomendado para essa modalidade de transporte. O bioquerosene, obtido de óleos vegetais, é a grande aposta para o futuro mais sustentável da aviação.

4. Etanol e frio não é uma boa combinação

Em baixas temperaturas, funcionar um carro movido a etanol pode ser um problema. Isso porque o combustível derivado da cana-de-açúcar perde a sua capacidade de entrar em combustão quando os termômetros estão marcando abaixo de 13ºC.  

Para contornar essa situação, os carros flex contam com um reservatório de gasolina para ajudar na hora de dar partida. Por isso, ele deve estar sempre cheio no inverno, preferencialmente, de gasolina aditivada para auxiliar na ignição do motor.

5. Você pode utilizar etanol em carro flex sempre que quiser

E por falar em carro flex, existem vários mitos e dúvidas relacionadas à utilização de etanol nesse tipo de automóvel. Muitos até perguntam se existe um momento ideal para abastecer o carro com álcool ou se há uma quantidade específica que deva ser mantida no tanque. A verdade é que você não precisa ter esse tipo de preocupação, já que o veículo bicombustível pode receber tanto gasolina e etanol a qualquer momento e em qualquer quantidade.

Quer saber mais detalhes sobre como abastecer carro flex? Clique aqui e confira a matéria especial que publicamos sobre o assunto.

6. O primeiro carro movido a etanol do Brasil

Desde 1938, o etanol vendo sendo utilizado no Brasil. Nessa época, ele começou a ser adicionado à gasolina. Anos mais tarde, em 1979, foi lançado aqui o primeiro movido a álcool: o Fiat 147.

7. O etanol não é feito só de cana-de-açúcar

O etanol não vem apenas da cana-de-açúcar. Ele pode ser extraído, por exemplo, a partir do milho. Esse procedimento é bastante comum no Estados Unidos, país classificado como maior produtor de etanol no mundo. Em comparação com o biocombustível obtido da cana, o gerado a partir do milho é fabricado em menos tempo, além do fato de o grão render mais.

8. O etanol é um combustível menos poluente

Em comparação com a gasolina, o etanol é um combustível bem mais limpo. Isso porque ele produz menos de 70% de gás carbônico. A explicação reside no fato de ele ser obtido de uma planta, o que reduz consideravelmente a emissão de CO2 na hora de sua fabricação.

Você tem alguma dúvida sobre o uso do etanol? Deixe a sua pergunta nos comentários.

 

2019-06-17T17:29:08+00:0020 de dezembro de 2018|Mercado de Combustíveis|