Blog

Dicas de segurança no transporte de carga de combustíveis

O roubo de cargas no Brasil vem crescendo em taxas alarmantes e trazendo prejuízos de bilhões de reais. Segundo a Firjan (Federação das Indústrias do Rio de Janeiro), apenas em 2016 foram 22.550 ocorrências, um número 86% maior do que o registrado em 2011, e esse valor equivale em média a um caminhão roubado a cada 23 minutos. No país, os estados campeões nesse tipo de crime são São Paulo e Rio de Janeiro, e as quadrilhas vem se especializando cada vez mais. Por isso, é necessário desenvolver estratégias que minimizem os riscos para os profissionais e para a carga (o que é especialmente importante quando falamos de transporte de combustíveis). Separamos algumas dicas que podem ajudar esse processo. É importante salientar, porém, que mesmo que todas essas dicas sejam observadas ter um seguro de carga ainda é fundamental.

 

Desenvolva uma política interna de transporte de cargas

Assegurar a integridade dos motoristas e da carga é um processo que deve começar no planejamento dos traslados. Deve haver uma política interna de transporte que defina diretrizes básicas para evitar possíveis situações de risco. As rotas precisam ser bem planejadas, evitando viagens noturnas quando possível, estabelecendo pontos de parada em estabelecimentos conhecidos e movimentados, e definindo o trajeto por áreas mais seguras e que o motorista conheça bem. Dessa forma, a empresa pode garantir alguma segurança aos seus funcionários, ao evitar expô-los a riscos muitas vezes desnecessários.

 

Mantenha seus funcionários treinados e comunique-se com eles

É imprescindível manter uma rede eficiente de comunicação com os motoristas e que eles saibam corretamente como proceder em caso de assaltos ou outras situações de risco. Os colaboradores precisam saber exatamente a quem recorrer, de forma que problemas que apareçam sejam resolvidos da forma mais rápida, eficiente e segura possível.

 

Utilize a tecnologia a seu favor

Atualmente, os profissionais dos transportes tem à sua disposição uma série de ferramentas de rastreamento e monitoramento, além de formas para contatar autoridades e serviços de segurança em tempo real. Dessa maneira, não apenas os motoristas podem rapidamente pedir auxílio, como a empresa pode realizar ações remotas, como o bloqueio do veículo e da carga, além de monitorar qual rota está sendo seguida e acionar as autoridades caso ela fuja muito do planejado.

 

Reporte às autoridades

Se ainda assim o pior acontecer, é importante denunciar os roubos e contribuir com as autoridades para aumentar a vigilância nas áreas de risco e prevenir novas ocorrências. Uma iniciativa da Fecombustíveis em associação com o Sindicom e o Brasilcom levou à criação de um disque-denúncia específico para roubos de carga de combustíveis. A ideia é criar um banco de dados tanto da revenda quanto da distribuição, para desta forma se ter uma visão clara da dimensão dos danos que essa prática traz ao mercado de combustíveis, e de mapear as áreas de maior-risco. O número é 0800-221-6695, e as denúncias podem ser feitas de forma anônima. É importante salientar, porém, que esse disque-denúncia não substitui uma denúncia formal à polícia e que é imprescindível que se faça um boletim de ocorrência em caso de problemas.

Busque no blog: