Blog

Mitos e verdades sobre postos de combustíveis

Muitas histórias rondam o mundo dos combustíveis. Boa parte delas são reais, mas outras não passam de mito. Isso acaba gerando muitas dúvidas sobre o que é ou não é permitido na hora de abastecer o carro. “Será que o meu celular vai explodir o posto?”, “Será que posso abastecer meu carro novo com gasolina aditivada?”, “Será que tem problema eu pedir para o frentista encher o tanque até a boca?”. Essas e outras questões são bem comuns no dia a dia dos postos.

De fato, os estabelecimentos fornecedores de combustíveis contam com diversas restrições por questões de segurança. Embora a justificativa para elas possam ser, às vezes, equivocadas ou exageradas, é importante sempre seguir as instruções presentes nas sinalizações dos postos. Mas, então, o que é mito e o que é verdade? Nós contamos para você.

Celular em postos de combustíveis causam explosões

Mito. Em entrevista à revista Superinteressante, o professor Marcelo Knobel, do Instituto de Física da Unicamp, afirma que a única possibilidade de um celular explodir um posto é se “ele cair e a bateria se soltar, produzindo uma faísca perto do chão num posto que tenha acabado de receber combustível”. Essa história surgiu com a disseminação em massa de um e-mail falso falando sobre a explosão de um posto de combustível causada por um celular que tocou durante o abastecimento. Embora falsa, a história acabou levando grandes cidades a criar leis proibindo o uso de celulares em postos, como em São Paulo.

Até hoje, nenhum caso de incêndio foi registrado nessas circunstâncias. Apesar disso, a restrição se mantém válida em diversos estabelecimentos sob a justificativa de que a eletricidade estática presente nos postos de combustíveis possa gerar faíscas quando em contato com o celular. Geralmente, essa restrição é aplicada apenas para a área próxima aos bicos de abastecimento. Mito ou não, sempre respeite as sinalizações de segurança presente nos postos!

Deve-se desligar o motor ao abastecer

Verdade. Os próprios postos de combustíveis já contam com sinalizações solicitando o desligamento do carro na hora de abastecer. Isso porque existe o risco de o motor ligado gerar inflamação dos gases da gasolina.

Fumar dentro do carro é altamente perigoso

Verdade. Todo mundo sabe que é proibido fumar em um posto de combustível. Essa norma de segurança está relacionada ao alto risco de incêndio proveniente do uso de isqueiro e das cinzas do cigarro. Durante o abastecimento, mesmo que o motorista ou passageiro fume dentro do carro, o risco ainda permanece. Por isso, respeite essa norma e nunca fume em um posto de combustível em qualquer circunstância.

A gasolina aditivada não é para todos os carros

Mito. A gasolina aditivada pode ser utilizada sem qualquer tipo de restrição. Carros flex podem alternar entre gasolina comum e aditivada sem nenhum problema. Os automóveis novos também pode ser abastecidos com esse tipo de combustível. A recomendação é que os veículos com mais de 30 mil quilômetros rodados utilizando gasolina comum façam a troca gradativa pela aditivada. O importante é não fazer a substituição brusca da comum para a aditivada, pois isso pode ocasionar o entupimento dos bicos injetores e dos carburadores.

Nós publicamos uma matéria aqui no blog explicando detalhadamente as diferenças entre a gasolina comum e a aditivada e quando usá-las. Clique aqui para conferir.

Encher o tanque até a boca causa problemas

Verdade. O cânister, um filtro de carvão localizado no tanque, deve receber apenas vapor. Quando preenchido com combustível, ele pode ser danificado. Além disso, encher o tanque até a boca pode implicar no derramamento de combustível sobre a pintura do carro, causando manchas.

Encher o tanque bem de manhã é mais vantajoso

Mito ou verdade? Bem, depende! É verdade que quando a temperatura aumenta o volume do combustível se expande. A variação de 10º

C na temperatura do local de armazenamento do combustível pode significar, mais ou menos, um diferencial de 8 gramas por litro em seu peso. Para ser de fato vantajoso abastecer de manhã, a temperatura da noite tem que ter sido bem mais baixa do que a prevista para o dia.

Os postos de combustíveis são obrigados a fazer testes de qualidade

Verdade. Existem leis e regulações da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) que exigem a realização de testes de qualidade quando solicitados pelo consumidor. A verificação é simples e gratuita.

Um dos testes que você pode pedir é o de proveta. Ele é realizado para identificar se a quantidade de etanol presente na gasolina está dentro do padrão de 27%. O teste é em feito em um tubo onde o combustível é misturado a uma solução de água e sal. Os atendentes dos Postos Ruff são treinados para oferecer essa e outras análises de qualidade.

Você tem alguma dúvida relacionada aos mitos e verdades de postos de combustíveis? Deixe a sua pergunta aqui nos comentários.

 

Busque no blog: