Blog

Selecionados Ruff: Volkswagen Santana Quantum


 

Dentre tantos modelos de automóveis dos anos 80/90 que estão na memória do brasileiro, a Santana Quantum é uma das preferidas dos fãs de carros maiores, categoria chamada de “station wagon”. Disponível para o público pela primeira vez em 1985 como um veículo de luxo, a Quantum era derivada do Santana (modelo sedan) e do Passat alemão.

Competindo no mercado cabeça a cabeça com a rival Chevrolet Caravan, a Quantum era consideravelmente mais moderna e tinha um design que lhe dava um desempenho maior. A leveza e a diferença na tração dianteira possibilitavam motores 1.8 e 2.0 de alta performance, até que em 1992, ela ganhou um redesenho em uma tentativa da Volkswagen brasileira de se adaptar ao mercado internacional, já que exportar o modelo alemão era inviável, economicamente falando.

Apesar do desejo constante do público mesmo com preços não muito populares, a defasagem do modelo começou no final da década de 90, após sua última versão ser lançada. Mesmo com uma nova frente e melhorias internas, sua produção terminou em 2003 no Brasil.

Ao todo foram 14 modelos lançados pela montadora alemã, com destaque para os lançamentos com injeção eletrônica ao invés de carburador, reconhecidos com um “i” após o nome, e as Quantums Sport e Family, personalizadas de acordo com seus propósitos de carro esportivo e de passeio para a família, respectivamente. Até os dias atuais é possível ver tais veículos circulando nas ruas, facilmente reconhecidos pelo comprimento. 

Busque no blog: