Tag: carros mais econômicos | Blog

Os 10 carros mais econômicos do Brasil

Você sabia que o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) também avalia a eficiência energética de automóveis? Anualmente, a organização lança uma lista na qual é possível constatar quais são os veículos mais beberrões e mais econômicos do país.

Em relação ao ranking de 2017, há algumas novidades entre os carros mais econômicos do país. Isso porque o mercado automobilístico de 2018 foi marcado pelo crescimento da oferta de carros híbridos e elétricos. Confira a lista com os 10 primeiros colocados!

10 – Ford Ka SE

Um dos queridinhos da Ford é também um dos carros mais econômicos do Brasil, segundo o Inmetro. Em décima posição, o morto 1.0 12V flex faz, com gasolina, 13,5 km/L na cidade e 15,7 km/L na estrada. Em relação às emissões de CO2, o Ford Ka SE bastecido com gasolina libera 86 g/km, ganhando nota A no quesito.

9 – Peugeot 208 1.2 Puretech

A montadora francesa trouxe ao Brasil um compacto que tem dois principais focos: a economia de combustível e o acabamento. O motor 1.2 Puretech de três cilindros do Peugeot 208 tem um consumo energético de 1,46 MJ/km. Para você ter noção, ele faz, com gasolina, 13,9 km/L na cidade e 15,5km/L na estrada. Com etanol, o valor é de 9,6km/L na cidade e 10,7 km/L na estrada.

8 – Fiat Mobi Drive GSR

O Fiat Mobi Drive GSR chegou ao mercado com a proposta de ser o carro ideal para enfrentar congestionamentos de forma ágil, confortável e econômica. Isso é possibilitado por seu câmbio automatizado capaz de tornar a condução mais eficaz dentro das áreas urbanas.

O motor 1.0 flex abastecido com gasolina chega a fazer 14 km/L na cidade e 15,9 km/L na estrada. Já com etanol, o consumo de combustível cai para 9,8 km/L na cidade e 11,1 km/L na estrada. Ele também ganhou nota A no quesito emissões de CO2 com gasolina, marcando 89 g/km.

7 – Lexus CT 200h

Na lista de etiquetagem veicular do Inmetro, também aparece a linha luxuosa Lexus. A marca é uma divisão da Toyota e produz apenas automóveis exclusivos e alto padrão. No Brasil, existem apenas duas concessionárias da montadora e ambas ficam localizadas em São Paulo.

O Lexus CT 200h é um dos cinco modelos da fabricante japonesa. Ele é um dos carros mais econômicos do Brasil, gastando cerca de 15,7 km/L na cidade e 14,2 km/L na estrada, isto quando movido a gasolina. O consumo energético dele é de 1,41 MJ/km.

6 – Volkswagen Move Up TSI

O compacto da Volkswagen destaca-se na sexta posição com consumo energético de 1,40 MJ/km e emite 86 g/km de CO2. O motor 1.0 12V TSI turboflex do Move Up com gasolina faz 14,3 km/L na cidade e 16,3 km/L na estrada. Com o tanque abastecido de etanol, o valor varia para 10 km/L na cidade e 11,5 km/L na estrada.

5 – Renault Kwid

O hatch subcompacto da Renault foi lançado no Brasil em 2017 e seu principal diferencial é o design que lembra o de uma SUV. Mesmo com pouco tempo de mercado, ele já ocupa o top 5 da lista de eficiência energética do Inmetro.

O consumo do seu motor 1.0 12V flex chega a 14,9 km/L na cidade e 15,6 km/L na estrada, quando movido a gasolina. Se levarmos em conta o etanol como fonte de energia, o consumo vai para 10,3 km/L na cidade e 10,8 km/L na estrada.

4 – Ford Fusion Hybrid

Na quarta posição dos carros mais econômicos do Brasil, está o sedan médio de luxo da Ford. O Fusion tem um consumo energético de 1,31 MJ/km. Na cidade, ele faz 15,1 km/L e, na estrada, 16,8 km/L. Isto considerando o seu motor 2.0 gasolina.

3 – Volvo XC90 T8

No top três, o primeiro destaque é o Volvo XC90 T8, conhecido por unir velocidade e economia. Com seu motor 2.0 a gasolina e 340 cv e um motor elétrico de 87 cv, ele tem uma eficiência energética de 1,20 MJ/km. No ciclo urbano, ele faz 16,4 km/L e, na estrada, 18,9 km/L.

2 – Toyota Prius

O compacto híbrido mais popular do país ocupa a segunda posição na lista do Inmetro graças ao seu consumo energético 1,15 MJ/km. O motor 1.8 VVT-i gasolina faz 17 km/L na estrada e 18,9 km/L na cidade. Em termos de CO2, a emissão marca 71 g/km.

1 – Renault Zoe

O Zoe, importado da França, é o automóvel 100% elétrico da Renault. Justamente por isso, ele ocupa a primeira posição da lista de veículos mais econômicos do país. O seu motor faz o equivalente a 32,2 km/L na estrada e 26,7 km/L na cidade. Como não utiliza combustível, ele não emite CO2.

O que você achou da classificação dos carros mais econômicos do Brasil? Conte para gente nos comentários.

 

Busque no blog: