Acompanhe a implantação do Diesel S50

Foram autuados, no dia 13 de janeiro, pela ANP (Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), oito postos revendedores da Grande São Paulo que deveriam comercializar apenas o óleo diesel S50, de acordo com a Resolução 62/2011. Desses, dois não tinham o combustível em seus tanques de armazenamento e, por isso, foram autuados, com o risco de serem multados nos valores de R$ 5 mil a R$ 2 milhões. Nos demais estabelecimentos, foram colhidas amostras do produto para analisar a sua qualidade.

A implantação do óleo diesel S50 tem encontrado certa resistência por parte dos postos, devido ao investimento em recursos financeiros e obras que o mesmo demanda. Porém, já existe um movimento por parte das empresas solicitando caminhões com motores novos às concessionárias.

“Pouca gente sabe que esses motores novos economizam, em média, 5% em gastos com combustíveis, embora o custo do caminhão, bem como o preço do diesel S50, sejam maiores”, afirma David Boaretti, gerente geral de negócios da Ruff. Segundo ele, é importante que os revendedores se atentem a essa determinação, pois é um caminho sem volta, que envolve o meio ambiente e investimentos de diversas fábricas. “No final, a expectativa é de que o custo fique igual ou muito próximo ao da situação atual”, explica.

A fim de sanar dúvidas e esclarecer as determinações da Resolução 62, é que a ANP realizará, no próximo dia 24 de janeiro, das 10hs às 12hs, um encontro com os revendedores do Estado do Rio do Janeiro que comercializam o diesel S50. A reunião será promovida no próprio escritório da Agência, no 13º andar, e será gravada e disponibilizada no site da ANP para todo Brasil.

Se você está ligado aqui no blog da Ruff, sabe que, desde o dia 1 de janeiro de 2012, o óleo diesel S50 está disponível para comercialização em todo território nacional. E, para que o combustível seja oferecido em todo o Brasil, a ANP escolheu 3.100 postos para passar a vender o produto, além dos 1.100 estabelecimentos que já o fazem nas regiões metropolitanas de Belém, Fortaleza e Recife desde 1º de maio de 2009. Divulgamos, em post anterior, a lista dos postos selecionados pela ANP (confira aqui).

Essa medida faz parte do Proconve – Programa de Controle de Poluição do Ar por Veículos Automotores, que inclui veículos pesados e utilitários movidos a diesel fabricados a partir de 2012. O objetivo é diminuir a emissão do gás poluente enxofre, melhorando, assim, a qualidade do ar. A quantidade desse elemento é o que diferencia os tipos de óleo diesel comercializados no Brasil. O S50, por exemplo, possui 50 partes de enxofre por milhão (PPM), frente  ao S1800, que possui 1800 PPM e não deverá ser mais utilizado no segmento rodoviário até o final de 2013. 

Vale lembrar que a Ruff tem se comunicado com seus clientes a respeito do tema por meio de sua equipe de vendas, além de distribuir o diesel S50 em suas unidades de Guarulhos e São José dos Campos para atender a todos que desejam adquirí-lo.

2012-01-24T00:00:00-02:0024 de janeiro de 2012|Mercado de Combustíveis|
Open chat
Precisa de ajuda?