Amortecedores: saiba os riscos de andar com a peça desgastada

 

Apesar de não ficar visível nos veículos, o amortecedor é fundamental para o sistema de suspensão dos carros. A peça controla a movimentação das molas da suspensão e mantém os pneus em contato permanente com o solo.

Muitas vezes a manutenção do amortecedor é deixada de lado pelos condutores. Além de ser perigoso, rodar com amortecedores danificados deixa o motorista mais cansado.

Testes realizados pela fabricante de amortecedores Monroe mostram que, se a peça apresentar apenas 50% de sua eficiência, pode aumentar em 26% o cansaço do motorista e afetar consideravelmente a estabilidade dos pneus no solo. 

O balanço do carro se reflete nos faróis, que aponta o feixe de luz para várias direções. Essas oscilações podem ofuscar a visão do condutor que trafega em sentido contrário e diminuir a segurança durante a viagem.

Em entrevista ao portal de economia da Terra, o coordenador de Treinamento Técnico da Monroe, Juliano Caretta, informou que “o amortecedor é um dos principais itens de segurança veicular. Desgastado ou em más condições, oferece riscos de acidentes”. 

É aconselhável fazer a revisão dos amortecedores e de outros itens da suspensão a cada 10 mil quilômetros rodados.

 
2015-07-29T10:49:00-03:0029 de julho de 2015|Dicas e Cuidados|
Open chat
Precisa de ajuda?