Governo aumenta em 6% o percentual de biodiesel no diesel

 

No dia 28 de maio, a presidente Dilma Rousseff assinou a Medida Provisória referente à adição de biodiesel ao óleo diesel, distribuído ao consumidor final, que será de 6% a partir de primeiro de julho e 7% até novembro deste ano. Atualmente, o país utiliza apenas 5%.

Segundo o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, a decisão fará com que o país deixe de importar 1,2 bilhão de litros de óleo diesel por ano, já que cada ponto percentual a mais da mistura corresponde a uma redução de importação de 600 milhões de litros. A medida também deve gerar mais empregos pelo produto ser fabricado, preferencialmente,  a partir de matérias-primas produzidas pela agricultura familiar e pode reduzir o fechamento de empresas nacionais desse segmento.

A medida está aliada à política brasileira de diversificação energética, com ênfase em energia renovável e limpa. Estima-se que a ampliação do uso de combustível biodiesel reduzirá a emissão de 23 milhões de toneladas de gás carbônico, causador do efeito estufa, até 2020. Um recorde brasileiro perante a Organização das Nações Unidas.

 

2014-06-04T09:56:00-03:004 de junho de 2014|Mercado de Combustíveis|
Open chat
Precisa de ajuda?