Posto de gasolina opera com horário reduzido

Com a pandemia de coronavírus, muitos estabelecimentos comerciais começam a agir para conter ao máximo a proliferação do vírus. Dentre eles, o posto de gasolina agora possui orientação para seguir com um itinerário mínimo recomendado. O horário de funcionamento é das 7h às 19h de segunda feira a sábado.

Medida temporária

A ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) anunciou uma medida temporária para redução da carga horária em posto de gasolina. A medida preventiva é decorrente da pandemia de coronavírus, e visa diminuir a possível proliferação excessiva do vírus. Assim, caso as devidas providências não sejam tomadas por todos, os casos podem duplicar a cada 3 dias.

As pessoas que continuarem em seu expediente devem ter cautela caso possuam crianças ou pessoas da 3ª idade em sua residência. Igualmente recomenda-se até mesmo evitar visitas a parentes caso qualquer um dos indivíduos possua suspeita e sintomas do vírus.

Mas somente essa medida anunciada pela ANP não é o suficiente. Os postos continuam com um expediente longo, onde há interação contínua entre clientes e funcionários. Desde o recebimento do dinheiro, ao passar de chaves para o abastecimento do carro, os indivíduos interagindo estarão sujeitos a possível contaminação.

Posto de Gasolina

Algumas medidas cautelares devem ser seguidas, pensando no bem comum.

Os funcionários dos postos de gasolina devem ter a orientação, principalmente para evitar tocar nos olhos e boca após ter contato com dinheiro, cartão ou chave do cliente. Após cada cliente, deve-se higienizar bem as mãos até a altura dos punhos. E não podemos esquecer do equipamento usado para possíveis pagamentos, como as famosas maquininhas de cartão. Assim também, é valido lembrar para que o contato entre pessoas seja evitado ao máximo.

Álcool em gel também será de grande utilidade na rotina contra a propagação do vírus. Esse possível substituto para a água e sabão deve estar à disposição de cliente e funcionários. Dessa forma podemos evitar alguns casos, com simples hábitos de higiene pessoal básica.

O administrador do estabelecimento deve reforçar a limpeza em banheiros, puxadores de portas, cadeiras e mesas da conveniência. Ou seja, a limpeza deve ser feita regularmente em áreas comuns de clientes e funcionários como em refeitórios, vestiários, pisos e estações de trabalho. Para que mantenha o padrão de usar água, sabão e álcool 70%.

Deve-se manter o ambiente aberto e ventilado, evitando aglomerações ou reuniões presenciais em curta distância. E o espaço recomendado para manter do cliente ou de um colega é de 1 metro. O álcool gel é um eventual substituto da água e sabão, portanto mantenha um frasco perto.

É de suma importância a restrição de equipamentos compartilhados, devendo ser delegado pessoas específicas para manusear certos objetos. Medidas como essa ajudam a interromper a possível proliferação do vírus. Ás máquinas para pagamento em cartão devem ter horários pré-definidos para higienização com álcool.

E qualquer funcionário com suspeita de estar com coronavírus deve ser orientado a procurar ajuda médica.

Fake news

Dentre inúmeras recomendações nos veículos de comunicação, a internet prolifera algumas informações falsas. Algumas vezes por falta de instrução, outras por não levar em consideração recomendações de profissionais.

O etanol não é recomendado para evitar a contaminação! Existem alguns vídeos na internet que não levam em consideração o contato do etanol e suas substâncias com a pele. Também ensinam métodos alternativos para gerar um produto com propriedades semelhantes ao desinfetante. Esse tipo de mistura não é efetivo contra o coronavírus, além de se tóxico para saúde.

Etanol pode conter substâncias como hidrocarbonetos e metanol, que além de colocar em risco a saúde das pessoas, não pode ser usado como desinfetante doméstico.

Lojas de conveniência

Nas lojas de conveniência as portas e janelas devem ficar abertas, mantendo um ambiente arejado. As gôndolas e banheiros devem ser limpos periodicamente. Os funcionários devem higienizar as mãos toda vez que for necessário mexer com alimentos.

Novamente devemos lembrar que é necessário higienizar a maquininha de cartão a cada transação. Cuidado nunca é demais.

Caso algum dos funcionários esteja com sintomas de gripe, febre ou dificuldade respiratória deverá ser instruído a procurar imediatamente a rede pública de saúde.

Sintomas

O coronavírus é de uma família de vírus causador de infecções respiratórias. Os sintomas são muito parecidos com os de um resfriado. Tosse, febre e dificuldade respiratória são muito comuns em infectados. Espirros ou nariz entupido raramente fazem parte dos sintomas da doença.

Pesquisadores informam que depois das pessoas serem infectadas, em média, os sintomas serão apresentados após cinco dias. Há muitas pesquisas em andamento procurando a solução para o novo coronavírus, portanto devemos até lá fazer nossa parte. O país procurar soluções paliativas até lá, por exemplo, adiantando a campanha de vacinação contra a gripe. Será mais fácil isolar os casos de coronavirus eliminando a possibilidade do paciente estar apenas com gripe.

Conclusão

Apesar de todos os esforços para contenção do vírus que estão sendo feitos, muitas pessoas ainda não conseguiram mensurar o tamanho da gravidade da situação. Evite sair de casa se possível, mantenha hábitos redobrados de higiene básica e higienização de ambientes. Água, sabão e álcool em gel devem ser usados em demasia. Lembre-se que se cada um não fizer a sua parte, os casos podem dobrar a cada 3 dias. Vamos juntos combater essa pandemia para que possamos voltar o quanto antes as nossas rotinas. Deixe sua mensagem nos comentários e leia nossos outros artigos.

2020-04-01T13:32:36-03:001 de abril de 2020|Dicas e Cuidados|
Open chat
Precisa de ajuda?