Sinais de problemas no escapamento do carro

Detectar problemas no sistema de escapamento assim que eles dão os primeiros sinais pode evitar algum dano maior no seu carro e gastos muito altos com o reparo. Confira a seguir quais são os indícios de que seu escapamento está com falhas.

Barulho alto e trepidação

Os componentes que prendem o escapamento na carroceria podem se romper, isso ocasionará barulhos embaixo do carro de peças batendo e até mesmo poderá ser percebida uma trepidação do escapamento. A troca destas peças, geralmente borrachas e coxins, têm um custo baixo quando o problema é detectado a tempo e consertado. Se você deixar o escapamento solto por um período muito longo, outras peças podem ser quebradas e o valor da manutenção ficará mais caro que o esperado.

Odores fortes e diferentes

Caso comece a sentir cheiros muito ácidos ou doces na parte traseira do carro, seu escapamento pode estar com algum furo. Além disso, se sua suspeita for de que gases nocivos estão sendo liberados pelo sistema de escape, procure um mecânico imediatamente para realizar uma inspeção completa em seu carro. Além de causar problemas no automóvel a liberação de gases também pode ser prejudicial para sua família.

Assoalho superaquecido

Se o sistema de escapamento estiver muito próximo ao assoalho do carro, isso ocasionará um superaquecimento do local. O problema está em alguma peça danificada que mudou a altura do escapamento e precisa ser trocada com urgência. Lembre-se de pedir para seu mecânico fazer o alinhamento da nova peça para que o problema não persista.

Muitos ruídos

Furos nos tubos e miolos de silenciadores (traseiro ou intermediário) do escapamento fazem o barulho do carro aumentar muito. O defeito só será solucionado trocando a peça inteira.

Os problemas no sistema de escape podem ser provenientes de muitos fatores, mas o principal deles é o combustível adulterado, que acaba corroendo todo o sistema de escapamento. Por isso, só abasteça em postos de sua confiança. 

2016-09-21T11:51:00+00:0021 de setembro de 2016|Ruff|