Poucos postos terão diesel S50 no início

Já comentamos em nosso outro texto sobre os tipos de diesel comercializados no país e as resoluções estabelecidas para sua venda no futuro. A intenção dessas mudanças é de melhorar a qualidade do óleo diesel vendido no Brasil e consequentemente a qualidade do ar, em razão da diminuição das emissões de enxofre. Sabemos que quanto menor o número na nomenclatura do diesel, menos enxofre será liberado no ambiente. No mercado atual são comercializados os tipos S1.800, S500 e S50, sendo que esse último deverá ser vendido obrigatoriamente em 2012 e o tipo S10 em 2013.

Mesmo com essa exigência, foi previsto que apenas 6,5% dos postos de combustíveis terão o S50 para comercialização em janeiro de 2012. Como são necessárias adaptações nos tanques dos postos para comportar esse diesel menos poluente, somente 2,5 mil dos 38 mil postos do país poderão oferecê-lo.

Ainda que esses números sejam baixos, não são considerados preocupantes, pois no início serão poucos os veículos que precisarão desse combustível. Acredita-se que esse número ainda deve aumentar ao longo do crescimento da demanda, até porque a partir do próximo ano serão comercializados apenas automóveis compatíveis com os tipos S50 e S10.

Já explicamos que esse combustível ecológico seria um pouco mais caro no início, porém deve diminuir com o tempo e o aumento da demanda. No início para que os que consumidores do S50 não corram o risco de não encontrá-lo para abastecimento, a Petrobras, que é responsável pela produção desse combustível, vai disponibilizar um site com o mapeamento dos postos que oferecem esse tipo de diesel.

2011-11-09T00:00:00-02:009 de novembro de 2011|Mercado de Combustíveis|
Open chat
Precisa de ajuda?