Como calibrar pneu: carro, moto, bicicleta e mais!

Entender como calibrar pneu do seu carro é fundamental para a manutenção do veículo e reduzir o consumo de combustível. Mas, na hora que você vai ajustar o equipamento, é normal que as primeiras dúvidas surjam: como saber qual é a pressão correta? Qual a frequência ideal para checar a pressão das rodas? Existem outras alternativas? Saiba como calibrar pneu de carro, moto e bicicleta a seguir.

Onde calibrar os pneus?

Os postos de combustíveis são a primeira opção de muitos motoristas no Brasil, mas você encontra outros estabelecimentos equipados para calibrar suas rodas. Borracharias, oficinas especializadas e lojas de pneu também contam com o calibrador de ar comprimido instalado e, geralmente, não cobram pelo serviço, que pode ser feito pelo próprio consumidor.

Mas, se for realizar a atividade por sua conta, é importante entender como calibrar pneu de carro da maneira correta. Confira abaixo todas as etapas:

Passo a passo como calibrar pneu de carro e moto:

  1. Tenha o manual do veículo em mãos e confirme a pressão indicada pelo fabricante — em caso de rodas personalizadas, cheque com um especialista. Em alguns automóveis há também um adesivo, na lataria interna da porta do motorista ou na portinha do tanque de combustível, contendo todas as informações;
  2. Ajuste o calibrador de pneus para quantidade de libras (PSI) ou bars indicada pelo fabricante ou profissional especializado;
  3. Retire a tampa da válvula do pneu com cuidado e a mantenha próxima de você ou em suas mãos, evitando perdas;
  4. Aperte a trava da mangueira do calibrador (se houver) e a encaixe na válvula da roda. Em caso de vazamento, retire e posicione novamente a mangueira perpendicular à válvula;
  5. Aguarde o apito final do equipamento, indicando que a pressão ideal já está estabelecida no pneu, e retire a mangueira;
  6. Tampe novamente a válvula da roda para evitar desgaste, entupimento e corrosão;
  7. Repita o processo nos demais pneus — pode ser necessário reajustar o calibrador de acordo com a necessidade, entre rodas dianteiras e traseiras.

Como calibrar pneu de moto:

Por estar em duas rodas, a motocicleta exige mais estabilidade e a pressão incorreta dos pneus pode atrapalhar diretamente na condução. Por este motivo, entender como calibrar pneu de moto é o primeiro passo para assegurar uma condução mais segura.

Assim como nos veículos de quatro rodas, a pressão ideal dos pneus está indicada pelo fabricante no manual da motocicleta ou em um adesivo colado na suspensão traseira. O passo a passo indicado acima segue o mesmo para calibrar pneu de moto, mas deve-se sempre levar em consideração o peso carregado, seja com carga ou passageiro.

Agora que você sabe como calibrar pneu de moto, também fique atento com a frequência em que deve-se realizar a atividade, que pode variar de uma até quatro vezes ao mês, de acordo com utilização do veículo, como veremos mais à frente.

Como calibrar pneu de bicicleta:

Diferente dos carros e das motos, a sua bicicleta pode ser calibrada em casa, com uma bomba manual. Neste caso, você pode calibrar o pneu da bicicleta de acordo com a sua necessidade. Considere o tipo de terreno que terá pela frente: asfalto, terra, pedras e até mesmo se há mais subidas ou descidas no percurso.

Para terrenos irregulares, como em trajetos off-road, deve-se deixar a calibragem do pneu mais baixa, reduzindo impactos e auxiliando em uma condução mais tranquila. No asfalto, utilize a pressão ideal: se o pneu estiver muito cheio você terá menos aderência na pista; se estiver muito vazio, você terá dificuldade para ganhar velocidade.

Em todo caso, com a bomba manual é mais fácil entender como calibrar pneu de bicicleta: pare assim que sentir resistência. Nunca force mais ar do que o necessário, pois há o risco de estourar o pneu.

Você também pode optar por calibrar o pneu da bicicleta com o calibrador de ar comprimido do posto de combustível. Neste caso, a quantidade de libras (PSI) ou bars está diretamente relacionada com o tamanho do aro da roda, a largura do pneu e o peso do condutor. As informações necessárias estão inscritas na lateral do pneu. 

Um adulto de 85kg, por exemplo, em uma bicicleta de aro 29 e largura do pneu de 2.35 polegadas pode programar o calibrador para 43 psi ou 2,96 bars.

3 dicas na hora de calibrar o pneu de carro e moto:

Alguns detalhes também são importantes para garantir a regulagem ideal e prolongar a vida útil das suas rodas:

  • Temperatura: A pressão indicada pelo fabricante no manual do veículo foi calculada em temperatura ambiente. Portanto, evite calibrar o pneu quando as rodas estiverem quentes, como após uma longa viagem ou em percursos com mais de 3 km na cidade;
  • Peso: As rodas suportam todo o veículo no asfalto e, quanto maior for a massa, maior será o seu desgaste. Pensando nisso, antes de viajar, atente-se a tabela com os pesos (passageiros e bagagem) indicada pelo fabricante no manual do automóvel e regule a pressão correta no conjunto dianteiro e traseiro;
  • Segurança: Mantenha sempre o estepe calibrado, você pode precisar dele a qualquer momento. Para garantir que a sua pressão esteja sempre ideal, recomenda-se calibrar o estepe com uma ou duas libras a mais do que os demais pneus dos veículos.

Saiba a frequência para calibrar os pneus

Uma dúvida frequente dos condutores é o momento correto de calibrar seus pneus. Para veículos de passeio em condições normais de uso, recomenda-se a cada 15 dias, mas não há uma contraindicação para realizar a atividade todas as semanas, por exemplo, desde que siga a pressão indicada no manual do veículo.

Para automóveis de pouco uso, como colecionadores de carros antigos, a regulagem de pressão deve ser realizada a cada 30 dias. Por outro lado, para os veículos de uso intenso, como motoristas de aplicativo e entrega de encomendas, aconselha-se calibrar o pneu a cada 500 km rodados, seguindo sempre os cuidados necessários com as suas rodas.

Qual a importância de manter os pneus calibrados

Trocar o conjunto de pneus é um investimento alto para todos os motoristas, mas obrigatório para o bom funcionamento do veículo. Com a calibragem correta dos pneus e a manutenção em dia das rodas, você prolonga a vida útil do seu automóvel, reduz o desgaste e aumenta a segurança do seu transporte.

Muito mais do que acelerar o deterioração da banda de rodagem do seu pneu e aumentar o consumo de combustível do veículo, a calibração incorreta pode trazer sérios riscos para a sua condução, tais como: 

  • Perda de estabilidade e oscilação em curvas; 
  • Maior probabilidade de aquaplanagem; 
  • Aumento da distância de frenagem do veículo;
  • Perda de aderência com a pista seca; 
  • Superaquecimento que pode até estourar o pneu.

Caso você tenha dificuldade para lembrar de regular seus pneus, construa uma rotina de checar a pressão sempre que for abastecer seu veículo, realizando a atividade por conta própria ou pedindo o auxílio dos profissionais do posto de combustível. Assim você fica com a manutenção em dia e aumenta a sua segurança no trânsito.

Homem calibrando pneu da moto

Calibrar pneu de carro e moto garante mais estabilidade e segurança no trânsito

Vale a pena calibrar o pneu com nitrogênio?

Para os condutores que prezam pela comodidade e praticidade em seus veículos, o nitrogênio é uma excelente alternativa para reduzir a necessidade de calibrar o pneu frequentemente, já que o gás não sofre com variações de acordo com a temperatura e consegue manter a pressão interna por muito mais tempo, sem evaporar pelos poros da borracha.

Calibrar pneu de carro, moto ou caminhão com nitrogênio também reduz a oxidação dos componentes e prolonga a vida útil das rodas. O gás é utilizado principalmente em carros de corrida e não há contraindicações para motoristas de veículos de passeio.

Por outro lado, enquanto regular a pressão das rodas com ar comprimido costuma ser de graça nos postos de combustível, o nitrogênio só é encontrado em lojas e oficinas especializadas em serviços automotivos, com um custo que varia de acordo com a região.

Conte sempre com a ajuda do profissional

Apesar de ser uma atividade tranquila para a maioria dos proprietários de veículos, em caso de insegurança, você pode sempre contar com a ajuda de um profissional treinado, seja no posto de combustível, borracharia, loja especializada ou outro estabelecimento comercial da sua cidade. O importante é permanecer com a manutenção em dia das rodas!

Os postos de combustível com bandeira Ruff, por exemplo, contam com uma equipe de profissionais qualificados para te ajudar a checar a pressão dos seus pneus e prolongar com a conservação das rodas. Você também pode aproveitar para trocar o óleo, lavar o seu veículo ou tomar um cafézinho no conforto da nossa loja de conveniência.

Siga também o nosso Facebook para ficar por dentro das nossas novidades e confira mais informações sobre postos de combustível aqui no nosso blog, como as causas e soluções para o superaquecimento do motor, a diferença entre etanol, gasolina e diesel e muito mais! 

Ruff, energia para superação.

2022-05-23T09:10:01-03:0019 de maio de 2022|Dicas e Cuidados, Veículos|
Open chat
Precisa de ajuda?