Tag: veículos | Blog

Fique atento aos limites na hora de abastecer

No Brasil, desde janeiro de 1989, como parte do Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores (Proconve), instituído pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), todos os veículos movidos a gasolina e a álcool passaram a ter um dispositivo para evitar que o tanque seja abastecido além do limite permitido. No entanto, mesmo após o programa, ainda existe quem encha o tanque “até a boca” por exigência de motoristas ou para arredondar os valores. Esse costume contribui para o aumento da poluição do ar e oferece riscos aos profissionais responsáveis pelo abastecimento nos postos de combustíveis.

Os automóveis têm um filtro dentro do tanque chamado cânister, fabricado com carvão ativado, que tem como função receber os vapores de combustível por uma tubulação específica e devolver os gases para atmosfera de forma adequada. Quando a peça é inundada com excesso de gasolina, não consegue tratar os poluentes que são liberados para o meio ambiente.

Em entrevista ao portal Auto Esporte, o gerente de divisão da engenharia MWM International - um dos principais fabricantes de motores diesel do mundo, Cristian Prates Malevic, informou que abastecer o veículo além do limite recomendado pode prejudicar o cânister e danificar a parte elétrica. “Quando se abastece além do nível correto, a pressão fica negativa dentro do sistema e o filtro é obstruído. Isso contamina a peça, além de poder danificar a válvula de controle do sistema, que por conta da falta de ar terá que fazer mais força para trabalhar”, afirmou.

Dependendo do dano, o proprietário do automóvel terá que arcar com a troca do cânister, da válvula ou até do próprio tanque. O problema, no entanto, pode ser evitado se o motorista respeitar o limite especificado no manual do veículo e o frentista obedecer ao primeiro clique da bomba de combustível do posto.

Alguns estados do país, como o Paraná, realizaram neste ano a campanha “Não passe dos limites” para conscientizar os frentistas e a sociedade da importância de abastecer até o automático e dos riscos da exposição prolongada ao benzeno, substância presente na gasolina e que pode prejudicar a saúde.

De acordo com a médica representante do Ministério do Trabalho e Emprego na Comissão Estadual do Benzeno e uma das idealizadoras da campanha, June Rezende, o benzeno é uma substância tóxica, cancerígena, que pode causar aos frentistas problemas como anemias, leucopenia – diminuição do número de glóbulos brancos e leucemias.

“O vapor do benzeno apenas se manifesta quando o limite da bomba não é respeitado, então evitar o problema é muito simples”, finalizou a médica ao Auto Esporte.

ANP define novos critérios para o quadro de aviso

Revendedores fiquem atentos: a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) definiu novos critérios para o quadro de aviso, uma das mudanças da Resolução 41/13.

As dimensões e características do painel de preços não mudaram, são as mesmas constantes na antiga Portaria 116, mas os postos que possuem venda a prazo e ainda não informam essa condição no painel de preços, poderão ser autuados.

Já o quadro de aviso, além de novas dimensões e características, deve estar localizado na mesma área das bombas medidoras, de modo visível e destacado, ou seja, na área de pista de abastecimento.

Na informação sobre o horário de funcionamento, caso o posto opere “24 horas”, no quadro de avisos deve constar no campo “horários de funcionamento”: 24 horas todos os dias. Este campo pode e deve conter vários horários, caso o posto opere em horários diferenciados em determinados dias da semana.

O prazo para os revendedores se adequarem às mudanças termina no dia 05 de maio. Saiba o que precisa ser alterado no quadro de avisos:

• A confecção deve ser feita em material rígido, plástico ou metálico

• Dimensões mínimas de 0,50m de largura por 0,70m de comprimento

• No campo “Número da autorização para o exercício da atividade outorgada pela ANP”, o tipo da fonte deve ser Arial Narrow Bold, tamanho 180

• Nos campos “Razão Social”, “Nome Fantasia” e “CNPJ”, a fonte deve ser Arial Narrow Bold, tamanho 70

• No campo “Horário e os dias semanais de funcionamento do posto revendedor” e “Endereço”, a fonte deve ser Arial Narrow Bold, tamanho 50.

Para reforçar, confira especificações do painel de preços:

• Dimensões mínimas: de 0,95m de largura por 1,80m de altura

• Placa de Polietileno de baixa densidade, chapa metálica ou qualquer outro material a critério do revendedor varejista, desde que seja garantida a qualidade das informações contidas no Painel.

• Para qualquer material utilizado, adotar proteção ultravioleta

• Cor de fundo a critério do revendedor varejista, desde que haja contraste entre a cor do fundo e a cor das letras

• Família tipográfica que proporcione destaque visual com altura e espaçamento compatíveis com as dimensões do painel de preços

• Distância mínima de 15cm entre o texto e a borda do painel de preços.

 

Aprenda a transportar o pet no carro com segurança

Todo mundo gosta de viajar. E quando dá pra levar o melhor amigo junto o passeio fica completo! Mas para garantir que a viagem corra bem e sem surpresas, algumas medidas são essenciais.

Viagens de carro podem deixar o cachorro enjoado e ansioso, e assim como nós, o balanço do veículo pode causar náuseas no pet. Por isso, é muito importante limitar a quantidade de água e comida ingeridas pelo cão antes da viagem.

No decorrer de uma longa viagem, o cão agradecerá uma parada no caminho a cada duas horas, aproximadamente. Mas com muito cuidado, já que parar no acostamento de uma estrada ou de uma rodovia pode acabar se tornando outro perigo. O animal, aterrorizado pelo ruído dos veículos, pode fugir e atravessar a estrada. Por isso, é necessário colocar a coleira antes mesmo de abrir a porta.

Os donos do pet também não podem esquecer de dar água fresca para eles. É igualmente necessário deixar o ar circular, mas não em excesso. Em nenhuma situação o dono deve deixar que o animal coloque a cabeça para fora da janela aberta, recebendo os golpes de vento. Isso pode ocasionar uma conjuntivite, uma queratite, uma rinite ou uma otite no pet.

O que diz a lei

O Código Brasileiro de Trânsito (CTB) diz que dirigir o veículo e transportar animais à sua esquerda ou entre os braços e pernas é infração média. Nesse caso, o motorista está sujeito a uma multa de R$ 85,13 e mais quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

A situação piora se o animal estiver sendo transportado em partes externas do veículo – salvo em casos devidamente autorizados. Essa ação é considerada infração grave, sendo que a multa é de R$ 127,69 e cinco pontos na CNH.

Equipamentos de segurança

Para não sofrer nenhum prejuízo e causar desconforto ao seu cão, invista em equipamentos de segurança próprios para animais antes de pegar a estrada. É possível encontrá-los em lojas que atuam nesse ramo.

Entre os equipamentos existentes, estão a cadeirinha especial ou assento, que deve ser fixada no cinto de segurança do banco traseiro; acaixa de transporte (de plástico ou fibra), que deve ser acomodada sobre o banco traseiro ou no porta-malas do veículo (nos que têm compartimento de bagagem integrado à cabine, como hatches e peruas) - sempre presas com o cinto de segurança para não se deslocarem em freadas ou nas curvas - e o cinto de segurança para pets, vendido com medidas e capacidade de peso de acordo com cada espécie ou tamanho de animal.

Se houver dúvida na hora de escolher os equipamentos, peça ajuda a um veterinário. O importante é garantir a segurança do seu pet e de todo mundo que está no carro!

Retrospectiva: os veículos publicados na fan fage da Ruff

Em 2013, a nossa fan page fez muito sucesso, tanto que até alcançou a marca de 30 mil fãs. Além das notícias da empresa e as informações sobre o mercado de combustíveis, as postagens que fizeram mais sucesso foram as de carros e motos, as lindas máquinas e as mais curiosas.

Separamos em categorias os veículos que mais fizeram sucesso na fan page da Ruff. Confira!

Os sensacionais

LaFerrari: primeiro carro híbrido da montadora é também o primeiro da lista dos carros sensacionais.

(foto: Divulgação)

 

Pausa para suspiros: Lamborghini Aventador conversível - brilha muito na garagem.

(foto: Divulgação)

 

Bugatti Grand Sport Vitesse: inspirado em um cupê esportivo dos anos 30, somente três unidades foram produzidas.

(foto: Divulgação)

 

Icona Volcano é híbrido, apenas uma unidade será produzida e deverá custar R$ 5 milhões.

(foto: Newspress)

 

Melhor que uma Ferrari vermelha, é uma na cor preta. Essa é sensacional!

(foto: Flickr/Divulgação)

 

Os cinematográficos

Quem se lembra do filme "Se meu fusca falasse"? A montadora do carro anunciou o Beetle edição 53 em homenagem ao fusquinha.

(foto: Divulgação)

 

A Kia fez uma série de carros inspirada nos heróis da Liga da Justiça no Salão do Automóvel, em Chicago.

(foto: Divulgação)

 

Camaro amarelo é para os fracos! Esse modelo foi inspirado no filme de ficção científica "Tron".

(foto: Divulgação)

 

Rústica: essa máquina foi uma das estrelas do filme “G.I. Joe: Retaliação”.

(foto: Divulgação)

 

Mais um carro cinematográfico: esse estará nas telonas no filme Transformers 4!

(foto: Divulgação)

 

Os clássicos

O eterno clássico da Ford: agora repaginado versão 2014, o novo Mustang.

(foto: Divulgação)

 

Pontiac Firebird: esse carro foi restaurado por completo e recebeu 1200 cavalos de potência.

(foto:FullPower)

 

Esse clássico da Ferrari foi estrela do filme "Curtindo a Vida Adoidado" e foi leiloado em agosto de 2013.

(foto: Divulgação)

 

 O Corvette fez 60 anos em 2013 e continua na “flor da idade”. 

(foto: Divulgação)

 

Os excêntricos

Uma moto discreta para pessoas também discretas, só que não.

(foto: G1)

 

Para quem vai sentir saudade da Kombi, essa com três andares é bem original.

(foto: Divulgação)

 

Esse carro foi revestido com 40 quilos de lã. Ele foi exposto no festival Beetle Sunshinetour (Alemanha) e recebeu o prêmio de carro mais excêntrico do evento. 

(foto: Beetle Sunshinetour)

 

Verdadeira obra de arte: um fusca feito à mão!

(foto: Pinterest/WEIRD VEHICLES)

 

Uma ideia bacana para churrasqueira da casa.

(foto: Divulgação) 

 

Mais uma invenção estranha que fez sucesso na fan page: o carro mesa de sinuca!

(foto: Pinterest/Vintage vs Modern Cars)

 

As motos

Uma das máquinas que mais fizeram sucesso na fan page da Ruff. Sensacional!

(foto: Divulgação)

 

Essa moto futurista possui motor com apenas 250 cilindradas e foi destaque no "Tóquio Auto Salon”, no Japão.

(foto: Divulgação)

 

Mais uma moto que foi destaque na fan Page da Ruff: difícil não imaginar essa máquina na sua garagem, não?

(foto: Divulgação)

 

Essa moto tem chassi de ouro, é toda customizada e o estilo envelhecido é proposital.

(foto: Reprodução)

 

Uma das máquinas que foi destaque no Salão Duas Rodas de São Paulo em 2013.

(foto: Divulgação)

 

Gostou das máquinas? Dê uma passadinha em nossa fan page e confira outros veículos!

 

 

 

Saiba os benefícios dos produtos aditivados



Abastecer o carro não é uma tarefa tão fácil como parece. Muitas vezes a escolha errada do combustível compromete a “saúde” do veículo, reduz o aproveitamento do motor e também aumenta a quantidade de problemas mecânicos.

Para não ter dor de cabeça e prejuízo no bolso, é importante que você saiba qual tipo e as características do produto que coloca no automóvel.

Diferenças: combustível comum e aditivado

Segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), a gasolina aditivada é a gasolina comum com um produto chamado “aditivo para combustível automotivo”. Ele possui a característica de detergente dispersante e sua função é manter limpo o sistema de alimentação do combustível do carro.

A gasolina aditivada reduz o entupimento desse sistema, geralmente causado pela formação de uma espécie de goma – um processo natural de oxidação do produto.  Outra vantagem da aditivada é a redução na emissão de gases poluentes. Uma curiosidade: as distribuidoras geralmente adicionam corante nesse tipo de gasolina para diferenciá-la da comum.

Para saber qual é o melhor tipo de gasolina para o seu carro, é importante consultar o manual do proprietário ou o serviço de atendimento ao cliente, principalmente se as informações não estiverem claras sobre o assunto.

Sobre a relação custo-benefício, isso depende da utilização do veículo. A gasolina aditivada é recomendada em situações como o “anda e para” dos grandes centros urbanos. Porém, não existem muitas vantagens em seu uso com velocidades de médias a altas, como as que o carro faz em viagens em rodovias.

Óleo Diesel Aditivado

No mercado de combustíveis, também existe o óleo diesel aditivado.  Esse tipo de produto oferece vários benefícios ao motor do veículo: ele mantém os injetores limpos, aumenta a estabilidade do combustível, proporciona excelente proteção contra corrosão, reduz a absorção da água, previne a formação de emulsões e também a formação de espuma.

Quer saber mais sobre os produtos aditivados? Acesse nosso site e fique por dentro. Na Ruff, você abastece o seu veículo com combustíveis de qualidade. Sempre! 

Busque no blog: