Tag: dicas | Blog

4 dicas para fazer a limpeza correta do posto de combustível

Limpeza e organização são fundamentais em qualquer estabelecimento, e com o seu posto de combustível não é diferente! O cliente que encontrar um ambiente limpo tem muito mais chances de retornar ao seu posto. Confira quatro dicas para manter seu estabelecimento em ordem!


Bombas

A área das bombas é a parte mais utilizada do posto de combustível. Instrua os frentistas a varrerem diariamente o local e se houver necessidade esfregar os resíduos de combustível do chão com água e sabão.

Nas bombas é necessário passar um pano úmido, principalmente nos painéis que acumulam poeira. Dessa forma, os clientes podem visualizar melhor os dados informados no visor, como a quantidade de litros com que o veículo foi abastecido e o valor a pagar.


Lavagem com água quente pressurizada

As lavadoras jogam água quente sob pressão, e essa pressão é regulável. A limpeza com esse tipo de máquina é fundamental para qualquer posto de combustível, pois elas conseguem remover manchas de óleo, resíduos de combustível e graxa. Existem vários modelos e tamanhos, você pode escolher sua preferida ou ter mais de uma em seu estabelecimento.

Os modelos menores são mais apropriados para pequenas áreas e cantos de difícil acesso. Já os modelos maiores possuem grande área de alcance, e podem limpar com mais rapidez toda a mecânica ou área de troca de óleo.

Devido a sua praticidade, a compra desse equipamento deve ser considerada um investimento.


Loja de conveniência

A loja de conveniência deve estar sempre impecável, principalmente por comercializar muitos alimentos e bebidas. É importante nunca deixar poeira acumulada nos produtos das prateleiras, sempre repor o que estiver em falta e manter chão, balcão e mesas bem limpos e organizados. Ficar atento a esses pequenos detalhes evita problemas com a vigilância sanitária.


Banheiros sempre limpos

Muitos estabelecimentos deixam de lado esse espaço, mas os banheiros também merecem uma atenção especial. É fundamental higienizar o chão e as peças sanitárias com desinfetantes e produto específicos para combater os germes. Toalhas de papel, sabonete líquido e papel higiênico nunca podem faltar. Fique atento!

A vigilância sanitária fiscaliza constantemente os banheiros do posto de combustível.

 

Seu cliente deve ter uma boa impressão do seu posto para retornar sempre. Não deixa a concorrência se destacar! 

Saiba quando treinar os funcionários do posto de combustível

Treinar os funcionários é fundamental para ter um bom atendimento e garantir a fidelização dos clientes. Mas também sabemos que o treinamento envolve muito investimento e alguns empreendedores acabam não sabendo quando é a hora certa de treinar os colaboradores.

Vamos apontar alguns momentos em que o treinamento de funcionários é indispensável para o posto de combustível. Confira!

 

Compra de equipamentos novos

Quando fazemos a aquisição de equipamentos modernos e que usam mais tecnologia, visamos a lucratividade e que o nosso empreendimento se destaque na concorrência. Mas de nada adianta ter um equipamento novinho em folha se os funcionários não sabem usá-lo, não é mesmo?

É nessas horas que treinar a equipe é fundamental para que a segurança dos funcionários esteja garantida e a satisfação dos clientes também.

 

Mais segurança para a equipe

A questão de segurança no trabalho é um ponto que chama a atenção de todos empreendedores, principalmente dos proprietários de postos de combustíveis. Pois isso, treinamentos nessa área nunca são demais e podem garantir que sua equipe se sinta mais motivada a trabalhar.

Procure passar sempre informativos ou vídeos salientando os riscos de manejar certos objetos perto das bombas de combustíveis e medidas de boa higiene na loja de conveniência.

 

Novos funcionários

Seja por renovação de funcionários ou pela necessidade de ampliar a equipe, sempre que novos colaboradores são contratados é necessário fazer um treinamento. Além de passar instruções básicas aos iniciantes, o treinamento é essencial para que todos estejam integrados e não haja ruídos durante o expediente.

Oriente seus funcionários mais antigos a serem sempre solícitos e pacientes com os novos companheiros, ensinando como é a melhor maneira de manusear equipamentos complexos e de tratar os clientes.

 

Em todos os treinamentos, é essencial mostrar aos funcionários o quanto as orientações são importantes para o bom andamento do trabalho e que eles também são parte importante do posto de combustíveis.

Carro usado: 10 dicas para garantir uma boa compra

Com o alto preço de carros 0 km, muitas pessoas acabam optando por adquirir um automóvel usado por ser considerado mais vantajoso. Mas muitas vezes acabam comprando gato por lebre e o investimento vai por água abaixo. Vamos dar algumas dicas para você fugir das ciladas na compra de carros seminovos, tome nota!

 

Segunda opinião

Existem alguns detalhes no carro que podem passar despercebidos ao nosso olhar, por isso leve um mecânico de sua confiança quando for avaliar o seminovo que você deseja adquirir. Somente desta forma você saberá se o “probleminha” que o vendedor está apontando no motor do carro não pode se tornar um problemão com o tempo.

 

Escolha a loja

Comprar direto de concessionárias é muito mais confiável do que fazer a transação com o antigo proprietário, isso por que as lojas realizam um filtro com todos os automóveis para garantir que ele não tenha acabado de sair de um sinistro ou não esteja com problemas na documentação. Há quem prefira comprar de locadoras de carros, pois a maioria utiliza carros com donos únicos e costumam vender por um valor abaixo do mercado.

 

Verifique todos os itens

Cheque se todos os itens do automóvel estão em perfeito estado: chave de rodas, triângulo, estepe, extintor de incêndio, nível de óleo - absolutamente tudo!

 

Verifique a mecânica

Não deixe de fazer um test-drive no carro e observe os níveis de ruído, a vibração do volante e da alavanca de câmbio, se existe alguma folga nos pedais e se a suspensão está respondendo bem quando passa em buracos. É nesta hora que estar acompanhado de um mecânico fará toda a diferença!

 

Procure sinais de batida

Com um bom serviço de funilaria e pintura pode ser impossível perceber se o carro foi batido, mas tente prestar atenção no alinhamento das portas, capôs e porta-malas. Verifique se a cor do carro está regular e também os parafusos das portas e tampas – na versão de fábrica eles são pintados na mesma cor do carro, quando existiu um conserto eles estarão com uma cor diferente.

 

Revisões e recall

É comum que donos de automóveis não façam as revisões na concessionária autorizada, o que pode ser muito prejudicial ao veículo e desencadear problemas com o tempo. Além disso, faça uma busca na internet se aquele modelo foi alvo de recall e exija o documento que comprove que o veículo voltou para a concessionária para realizar as mudanças necessárias.

 

Vistoria

É na vistoria que é atestado que o motor, o chassi e todos os equipamentos obrigatórios são regulares. Este laudo é gratuito, não custa nada ter mais esta garantia!

 

Garantias

De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, existe uma garantia de 90 dias para carros comprados direto de lojas e concessionárias. Esta garantia vale para qualquer tipo de vício que o veículo apresentar, e não apenas problemas no motor e câmbio. Caso você tenha adquirido o automóvel de um vendedor particular, esta garantia não existe e um advogado terá que ser contratado para abrir um processo.

 

Pendências

Para saber se o veículo possui qualquer tipo de pendências jurídicas, acesse o portal do Detran, da Secretaria da Fazenda e da prefeitura de sua cidade e faça as consultas sobre débitos de veículo através do CPF ou CNPJ do dono do carro.

 

Transferência

Depois de comprar o veículo, comunique ao Detran de seu município sobre a aquisição para dar entrada na transferência em um prazo de 30 dias. Temos uma matéria bem detalhada sobre a transferência de veículos, acesse aqui.

Cuidados ao fazer transferência do veículo

Quando realizamos a venda de um veículo não podemos deixar de lado alguns pontos, dentre eles está a transferência do carro para o novo dono, visto que existem muitos problemas referentes a cobranças indevidas de automóveis já vendidos e em posse de terceiros. Para você não precisar pagar uma dívida que não é sua, ou então acumular pontos na carteira de multas que você não tomou, alguns cuidados com a transferência devem ser tomados. Ao longo desta matéria iremos listar os pontos de atenção para fazer uma venda tranquila e evitar futuros problemas.

 

Cuidado com o CRV

O Certificado de Registro do Veículo (CRV) apenas deve ser preenchido após a confirmação de todas as operações bancárias, em hipótese alguma assine os outros documentos de transferência sem o CRV completamente preenchido, com a data da venda e firma reconhecida de sua assinatura. Nunca entregue este documento em branco para ninguém, nem para o comprador e nem para o despachante, há riscos de tentarem fraudar sua assinatura.

 

Fique ligado no prazo

O novo proprietário do carro tem um prazo definido por lei de 30 dias corridos à partir da data da venda para fazer a transferência dos documentos do veículo. Passados 30 dias da venda do carro, o antigo proprietário deve procurar pelo número do Renavam no site do Ministério da Fazenda para assegurar que a transferência foi efetuada.

Caso a transferência não tenha sido feita ao fim deste prazo, o antigo dono do veículo deve fazer o bloqueio do automóvel, desta forma ele estará protegido de qualquer tipo de problema e o novo proprietário ficará impedido de fazer o licenciamento do carro.

 

Informe ao Detran

Ao fim da venda do veículo, já com todos os documentos em mãos, tire cópias autenticadas dos papéis e leve até o Detran de sua cidade para informá-los sobre a venda do veículo. Desse modo, você irá ter como comprovar que o carro não pertence mais a você e tem como se proteger de possíveis multas e cobranças que podem chegar em seu nome. Aconselhamos que você fique com cópias desses documentos autenticados em mãos para ter como se defender de qualquer problema.

 

Apólice de seguro

Os documentos da apólice de seguro do carro não podem ser transferidos ao novo dono e também não são cancelados automaticamente com a transferência do veículo. Dessa forma, você deve entrar em contato com a seguradora e fazer o cancelamento para que não tenha problemas em relação ao seguro também.

 

Seguindo estas dicas você fará uma venda tranquila do seu veículo e se livrará de possíveis dores de cabeça.

6 dicas de gestão financeira para postos de combustível

Para que seu posto de combustível esteja sempre em dia financeiramente, é preciso seguir algumas regrinhas de gestão financeira. Você que está iniciando os negócios agora, e também quem precisa de auxílio para que suas atividades entrem na linha, preparamos 6 dicas super úteis e fáceis de serem seguidas para se tornar o gestor financeiro de sucesso do seu posto de combustível.

 

Montar um fluxo de caixa

Podemos dizer que esta é a primeira dica a seguir para começar uma boa gestão financeira. Você precisa tomar nota de todo o dinheiro que entra e que sai do seu caixa, registrando as atividades financeiras do posto. Comece colocando em uma planilha todos os gastos fixos – como o salário de funcionários, impostos e contas – e também os variáveis – multas, horas extras e outros imprevistos. Tente registrar também como essas contas foram pagas, se no dinheiro, cartão de débito ou crédito, depósito em conta, transferência ou cheque.

Dessa forma, você terá informações muito mais precisas de seus lucros e poderá fazer o planejamento de alguma promoção para atrair mais clientes ao seu posto.

 

Utilize ferramentas de controle

Contratar alguma ferramenta, como por exemplo um software de gestão financeira, facilita o trabalho, pois ela realiza a integração de todos os dados de variados setores, além de proporcionar muito mais segurança e monitoramento maior e mais preciso.

Os softwares são ótimos para ter controle do volume de combustível estocado e adquirido, ou para controlar o estoque de uma loja de conveniência, venda de itens e peças automotivas. Dessa forma, você terá controle maior dos produtos que têm mais saída e poderá tomar decisões de reposição de estoque com mais segurança.

 

Planejamento de contas

O equilíbrio financeiro de seu posto só será atingido quando o gestor conseguir colocar as contas a pagar e as contas a receber em sintonia. Isso deve ser feito com antecedência e mensalmente, fazendo uma análise de como os recebimentos e pagamentos operam no fluxo de caixa da empresa, seus valores e datas.

 

Planejamento estratégico

Trace suas metas e objetivos e elabore uma boa estratégia de mercado fazendo um estudo da concorrência e de outros fatores que possam atrapalhar ou ajudar sua gestão. Procure fazer este planejamento mensalmente e com metas específicas, ao fim do mês compare o desempenho com os meses anteriores para saber onde estão os acertos e os erros no planejamento e fazer as mudanças que irão levar seu posto de combustível a uma melhora.

 

Verba pessoal e verba da empresa

Um grande erro do gestor é usar o dinheiro pessoal para cobrir uma despesa da empresa, ou vice-versa. Isso gera confusão na hora de fazer a contabilidade e vai dificultar na hora de medir se o posto está dando lucro ou prejuízo.

 

Controle as retiradas

Para deixar seu posto com saúde financeira sempre em dia, controle a retirada de recursos do caixa. Nunca faça isso de maneira excessiva ou desordenada para que seu fluxo de caixa não fique em desequilíbrio.

 

Tenha um contador

Além manter sempre organizados os documentos fiscais, o contador pode analisar os fluxos financeiros do seu posto de combustível e organizar da melhor forma um planejamento tributário.

 

Siga essas dicas para evitar os problemas financeiros do seu posto de combustível e obter um crescimento sustentável em seu negócio. Entre em contato conosco e seja um de nossos bandeirados. 

 

Busque no blog: